Transtorno Afetivo Bipolar

Transtorno Afetivo Bipolar

Alteração abrupta do humor, muitas vezes em questão de horas, NÃO é necessariamente Transtorno Afetivo Bipolar.

Certamente todo mundo já acordou um dia com o pé esquerdo e depois o ânimo melhorou durante o dia, ou teve semanas mais tristes e semanas mais animadas e todas essas alterações são mudanças fisiológicas NORMAIS do ser humano.

Ninguém consegue permanecer triste ou feliz constantemente se não for de forma patológica.

transtorno bipolar

Em contrapartida, o Transtorno Afetivo Bipolar (TAB) é uma doença psiquiátrica considerada grave, que provoca mudanças não só no humor do indivíduo, mas também no seu comportamento e no seu funcionamento fisiológico.

Além disso, as fases de oscilação de humor depressivo ou maniforme, ao contrário do que se imagina, geralmente precisam ter uma duração mínima de 2 semanas cada episódio.

Os sintomas do TAB podem ser agrupados em: episódios depressivos, episódios de euforia (mania) e episódios mistos.

Episódio Maniforme (Mania)

Na fase de Mania, o indivíduo apresenta muita energia, agitação, irritabilidade, comportamento impulsivo, diminuição da necessidade de dormir  e sentir-se “muito bem”.

Os pensamentos e a fala ficam acelerados, passa a apresentar otimismo exagerado, com aumento da autoestima, bem como aumento do interesse sexual. Trata-se de um quadro muito intenso, que como resultado pode trazer muitos prejuízos físicos, financeiros e sociais para o indivíduo e seus familiares.

Episódio Depressivo

Na fase de Depressão Bipolar, é comum o paciente manifestar sintomas mais intensos do que na depressão Simples. Os sintomas são desde culpa, sensação de vazio, angústia, desânimo, pessimismo e até pensamentos suicidas.

Estado Misto

No Estado Misto, o indivíduo pode experimentar, ao mesmo tempo, sintomas depressivos e maníacos. É comum sentir-se desesperançoso, deprimido, sem estímulos prazerosos e, ao mesmo tempo, inquieto, com muita energia, pensamento e fala acelerados. Em geral, é um quadro que causa muito sofrimento.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito através de uma anamnese minuciosa realizada pelo psiquiatra. Muitas vezes o diagnóstico de bipolaridade não se conclui em uma consulta, necessitando de um acompanhamento mais prolongado para melhor elucidação do caso.

Apesar de o diagnóstico ser realizado pela avaliação clínica, em muitos casos, é importante a solicitação de exames para descartar outras doenças que podem causar sintomas semelhantes ao TAB, como alterações hormonais, tumores cerebrais, infecções, entre outros.

Tratamento

O tratamento se dá com tipos de medicações chamadas de Estabilizadores de Humor.

Tais medicações possuem como objetivo manter o indivíduo mais próximo da estabilidade, do equilíbrio, sem oscilar entre a depressão e a mania. De fato, é importante saber que essas medicações não causam dependência e, atualmente, existem várias opções diferentes de estabilizadores. 

transtorno bipolar

O tipo de estabilizador deve ser escolhido com base nos sintomas e no histórico de casa indivíduo, sempre com o objetivo de se alcançar a estabilização do humor com as menores doses e com os menores efeitos colaterais.

A psicoterapia também tem um papel muito importante no tratamento. Ela ajuda o paciente a conhecer seus padrões de humor e fatores associados à ciclagem, ou seja, a alterações bruscas no seu estado de ânimo. Assim, auxilia na manutenção da estabilização de humor por longos períodos.

Dicas para estabilizar o Quadro bipolar

• Sempre manter o sono adequado. O primeiro sinal de instabilização e possível início de fase maniforme é a diminuição da necessidade de dormir.

• Nunca parar a medicação sem recomendação psiquiátrica.

• Cuidado com medicações que emagrecem ou que estimulam o metabolismo. Sempre pergunte ao seu psiquiatra se há interação com o tratamento.

• Cuidado com diarreia ou vômitos frequentes. Eles podem diminui a concentração do estabilizador do humor.

Dr. Thomas Katsuo Ito
Sobre o Profissional

Visite a Clínica

Estamos localizados na
Av. Brasil, 399, Jardins, São Paulo – SP
Valet Parking no local.

Horário de Atendimento

Nosso horário de atendimento é de
segunda a sexta-feira das 8h às 20h

Visite a Clínica

Institucional

A ITO PSIQUIATRIA está sediada na Avenida Brasil, a região mais nobre de São Paulo, com fácil acesso pela Av. Brigadeiro Luis Antônio, Av. 9 de julho e Av. República do Líbano.

Visa o atendimento individualizado de forma mais humana e pessoal, tendo como objetivo não só a melhora dos sintomas, mas também a recuperação social, familiar e profissional de cada paciente.

Atendimento

Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 20h